terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

A Secretaria da escola - Distribuição das Tarefas

Secretário de Escola

Secretário de Escola

AUXILIARES DE SECRETARIA

1.      Manutenção de equipamentos e do Site

2.      Verificação de estoques, patrimônio; cantina; Caixa Escolar; contabilização da Caixa Escolar; sala dos motoristas

3.      Elaboração diária das listas de chamadas; auxilio na escrituração; organização dos arquivos

4.      Auxiliar Secretaria em tudo

ESTAGIÁRIOS (DOIS)

1.      Pedagogia

2.      Administração

(Deverão ao mesmo tempo que auxiliam, aprender e ensinar, buscar dados e fontes, conhecer, etc)

Princípios

1.      Controlar todos os prazos acadêmicos.

2.      Entender os Arquivos Escolares, saber onde está cada coisa. Mantê-los em ordem.

3.      Conhecer o Regimento da Escola. Deverá ser estudado o atual regimento que entra em vigor com a entrada da nova administração (2013) e o regimento antigo. / Orientar membros da comunidade escolar (do Diretor ao aluno, passando por professores, serviçais, estagiários) sobre coisas que devem ser cumpridas.

4.      Conhecer os formulários de históricos, declarações, ficha de matrícula, etc, novos e antigos. Preenchê-los ou orientar preenchimento.

5.      Dominar os sistemas virtuais do governo estadual e federal, incluindo os para o Censo Escolar. Preenchê-los ou orientar preenchimento.

6.      Administrar o Pessoal da Secretaria, distribuindo tarefas e verificando tudo que foi elaborado.

7.      Assinar, com o Diretor, todos Diplomas, Históricos, Certificados, Declarações, Contagem de Tempo, Livro de Ponto.

8.      Organizar as listas de chamadas de cada classe.

9.      Manter o Livro de Ponto em dia, fazendo sua verificação.

10.  Emitir parecer ao Diretor de que o aluno concluiu todas as etapas necessárias e está apto para Colar Grau.

11.  Abrir e fechar os livros de Colação de Grau.

12.  Expedir Protocolo em documentos e encaminhá-los.

13.  Produzir Ofícios e Memorandos.

14.  Verificar cumprimento de padrões em escrita (Manual de Redação da Presidência da República)

15.  Autenticar documentos de alunos se necessário, garantindo que jamais algum documento do aluno ficará retido, exceto em casos excepcionais até 48 horas.

Pastas de Alunos

1.      Efetuar as matrículas e proceder arquivamento dos documentos nas pastas dos alunos. (Os documentos pessoais, formulários, históricos preenchidos, declarações, atestados médicos, etc).

2.      Cobrar documentos que faltarem nas pastas.

3.      Fazer escrituração manual ou no computador, das notas, frequências e outras informações relativas à vida do aluno, inclusive em sistemas virtuais externos.

4.      Verificar o cumprimento do Estágio e das Atividades Complementares, verificando se chegarão até a pasta do aluno o visto do Coordenador de Estágio (Atividades Complementares).

5.      Arquivar na biblioteca os TCCs, em versão impressa e digital. Idem para os trabalhos do PIC (ter um banco de dados virtual com todas informações é fundamental)

6.      Receber e arquivar Requerimentos de Alunos, de toda espécie, inclusive atestados médicos para compensação de ausências.

7.      Manter comprovação da documentação de frequência e matrícula do aluno em outra escola, bem como cobrar que os alunos mantenham isso em dia.

Funcionários e Estagiários

1.      Verificar se os contratos dos professores estão todos em dia, e se a documentação dos estagiários está dentro dos conformes.

2.      Observar o tempo de serviço dos Funcionários Efetivos, elaborando contagens de tempo e verificação, conforme a Lei, se os mesmos possuem direito à promoção ou concessão de benefícios (férias prêmio, quinquênios, etc).

3.      Elaborar termos de compromisso dos estagiários e também planos de estágios.

4.      Manter pastas com os dados de todos os funcionários.

5.      Encaminhar mensalmente, para a Prefeitura a lista de presença e ausência dos professores, informando horas-extras, adicional noturno, faltas, etc.

6.      Encaminhar, após supervisão de estágios de alunos que trabalham na escola, os relatórios para as instituições de origem.

7.      Auxiliar o Diretor na realização da Avaliação de Desempenho dos funcionários efetivos.

8.      Verificar, semanalmente, o que os funcionários trabalharam, mantendo arquivo sobre isso.

9.      Verificar se o Currículo Lattes dos professores está em dia, imprimindo cópias periodicamente.

Expedição de Documentos

1.      Mediante solicitação, determinar expedição de documentos (Históricos, 2ª via de Diploma, declarações) de quaisquer cursos feitos na escola, desde sua fundação em 1964, que constem nos arquivos, bem como incluir nos documentos dados apostilados de outras escolas que incorporem o curso (Ex: outros anos e disciplinas do mesmo curso, feitos em outra escola).

2.      Assinar com o Diretor certificados de participação de todos os eventos realizados pela Escola.

3.      Assinar Históricos e Diplomas junto com o Diretor.

4.      Emitir Certidões conforme solicitado.

5.      Manter livro de Protocolo de entrega de diplomas e documentos.

Análise de Documentos.

1.      Junto com o Diretor analisar documentos oriundos de outras escolas para verificar adaptações, complementações e exame de compatibilidade, bem como dispensas e outros.

2.      Encaminhar aos setores competentes da escola os requerimentos apresentados (inclusive recursos de provas)

3.      Receber solicitações de agendamento de Bancas Examinadoras do PIC e de TCCs.

Relação com Secretaria Municipal de Educação e SRE

1.      Participar de reuniões na SME e SRE de assuntos sobre a secretaria.

2.      Estar em dia com as novidades na Secretaria.

3.      Observar todas novidades, notícias, inclusive programas novos, e informar a Direção.

4.      Receber inspetoras da SRE e lhes prestar todas informações necessárias.

Verificação de frequência e nota

1.      Controlar o recebimento das notas e faltas de alunos todos os bimestres.

2.      Verificar se os alunos foram aprovados ou não, expedindo listagens.

3.      Informar para Supervisão todos alunos que ultrapassarem 25% de frequência ou que estiverem próximos de atingir.

4.      Garantir o cumprimento do Calendário Escolar e da carga horária dos funcionários.

Planejamento

1.      Verificar, organizar e manter em cópia impressa e digital, os Planejamentos de todos os professores (Planos de Cursos).

2.      Manter arquivados os planejamentos de todos os projetos.

3.      Manter organizados todos documentos do PIC, especialmente os planejamentos.

Arquivar Atas

1.      Acompanhar , mandar redigir e arquivar atas de Conselhos de Classe, do Colegiado e da Congregação.

2.      Manter os Livros de Registros Escolares (inclusive atas de resultados finais, exames, bancas, adaptações, análise de histórico, dependência, etc)

Pareceres

1.      Elaborar documentos de interpretação do Regimento Interno.

Patrimônio e Finanças

1.      Verificar todo Patrimônio da Escola.

2.      Observar o que há no almoxarifado, controlar estoques e solicitar compras.

3.      Garantir que não faltará nenhum suprimento.

4.      Supervisionar funcionário designado para controle da Caixa Escolar, garantindo que serão elaborados balancetes e contabilizados corretamente os dados.

5.      Garantir o funcionamento da Cantina.

6.      Observar se as dívidas feitas pela Caixa Escolar estão saldadas e se está tudo correndo bem.

7.      Verificar se as máquinas e equipamentos estão funcionando, mandando encaminhar ao conserto.

8.      Observar se o Site está em dia, atualizado, e dar ordens para organizá-lo.

9.      Verificar acervo da Biblioteca da Escola (não se trata da Biblioteca Municipal!)

Observações

1.      Verificar todos projetos de criação de novos cursos e outros, conhecendo-os antes de ir pra SRE. Idem para projetos de captação de verbas públicas.

2.      Conferir se os projetos seguem o padrão, inclusive normas ABNT para referências.

 

 

 

 

 

 

 

CURSOS DE FORMAÇÃO CONTINUADA PARA PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO

TODOS OS CURSOS NO PERÍODO DA NOITE, DAS 18h ÀS 23h

TODOS OS CURSOS NO PERÍODO DA NOITE, DAS 18h ÀS 23h

COM CERTIFICADO EM TODOS OS CURSOS

CERTIFICADO DE 40 HORAS PARA QUEM PARTICIPAR DE TODOS CURSOS

INSCRIÇÕES GRATUITAS – VAGAS LIMITADAS

 

Gastos Públicos e Financiamento da Educação Municipal

PÚBLICO ALVO:  Dirigentes Municipais; Diretores de Escola Municipal; Especialistas em Educação; Professores; Vereadores; Estudantes de Pedagogia, Contabilidade, Direito e Administração

TEMAS: FUNDEB – como é composto, fiscalização, como aumentar o repasse, o que pode e não pode; A Educação municipal na LOA, LDO e PPA; Outros recursos da Educação: Salário Educação, Transporte Escolar, Merenda Escolar e outros; Conceituação de MDE e sua inserção na Constituição e na Lei de Responsabilidade Fiscal; Captação de Recursos via Convênios dos governos Estadual e Federal; Projetos que podem aumentar a receita.

 

Educação e Pluralidade de Concepções: alternativas para pensar uma educação criativa

PÚBLICO ALVO: Dirigentes Municipais; Diretores de Escola; Professores; Alunos de Pedagogia ou qualquer licenciatura

TEMAS: As correntes do pensamento pedagógico: Escola Nova, Escola Tradicional, Escola Tecnicista, Pedagogias Crítico Reprodutivistas; A Crítica da Educação feita por Demerval Saviani; As inúmeras possibilidades de se pensar Educação; Conhecendo teorias diferenciadas de Educação: a Escola de Summerhill e a Teoria da Desescolarização da Sociedade.

 

Fundamento de Direito Educacional – de quem é direito de quê?

PÚBLICO ALVO: Dirigentes de Ensino; Inspetores Escolares; Diretores de Escola; Professores; Gestores Públicos; Alunos de Pedagogia ou qualquer licenciatura.

TEMAS: As normas jurídicas que regulam o Direito Educacional em suas várias esferas de competência; a diferença entre Rede e Sistema de Educação; o papel dos Conselhos Nacional e Estadual de Educação; o Conselho Municipal de Educação e sua autonomia; Sistema Municipal ou Estadual de Ensino; o papel do Estado nos municípios sem Sistema próprio; Tipos de Escolas Privadas: filantrópica, confessional, comunitária e particular – entendimento da legislação.

 

Iniciação Científica e Pesquisa na Educação Básica – uma proposta de intervenção

PÚBLICO ALVO: Profissionais da Educação; Estudantes de Licenciatura e Bacharelado; Pesquisadores.

TEMAS: O que se entende por Pesquisa?; Educação Básica com Ensino, Pesquisa e Extensão; Produção Científica no Ensino Fundamental e Médio; Projetos bem sucedidos de Iniciação Científica Júnior; Financiamento de Projetos de Pesquisa na Educação Básica; O FEBRACE; O Projeto Jovem Cientista.

 

A atuação do profissional do magistério como mediador das políticas de Acesso ao Ensino Superior

PÚBLICO ALVO: Profissionais da Educação

TEMAS: O funcionamento do ENEM; PROUNI; SISU; FIES; Ciência Sem Fronteiras; Universidade Aberta do Brasil; Vestibular Seriado; Isenção do Pagamento da Taxa de Inscrição de Vestibulares; Programas similares em nível estadual em Minas Gerais e São Paulo.

 

A Criatividade em Educação: traçando paralelos entre diferentes tempos e lugares

PÚBLICO ALVO: Dirigentes Municipais; Diretores de Escola; Professores; Alunos de Pedagogia, Licenciaturas, Direito e Administração; Vereadores.

TEMAS: As mudanças do Ensino Secundário no Brasil Republicano – as reformas Benjamim Constat, Epitácio Pessoa, Rivadávia Correia, Carlos Maximiliano, João Alves – Rocha Vaz, Francisco Campos, Gustavo Capanema, LDB de 1961 e LDB de 1971; as inovações da LDB de 1996; comparações e paralelos, convergências e divergências entre a Rede Estadual de Ensino de Minas Gerais e São Paulo, e entre redes municipais; o Caderno Pedagógico 9: a Escola Cidadã de Porto Alegre; as Experiências de Belo Horizonte, Blumenal, Araraquara, Catanduva e do Mato Grosso do Sul; possibilidades de criação de redes municipais diferenciadas de ensino.

 

Fundamentos Teórico-Metodológicos do Exame Nacional do Ensino Médio - ENEM

PÚBLICO ALVO: Profissionais da Educação; Estudantes.

TEMAS: A história e filosofia do ENEM; Como funciona o Novo ENEM – documentos básicos; O que cai na prova?; Estrutura básica de um Item da Prova do ENEM; Uma ideia remota do funcionamento da Teoria da Resposta ao Item – TRI; Critérios de correção da Redação do ENEM; Interpretação de resultados; Como prever o que pode ou não pode cair na Redação e nos Itens com base no que publicamente divulga o INEP.

 

 

 

Contato

Contato

Contato

Otávio – 9979-4261 ou professor.otavio@yahoo.com.br

Gabriela – 9842-4256 ou gabriella_gam@hotmail.com

 

E-mail da Escola: alunoscolegiocomercial@gmail.com

Blog: muzcolegiocomercial.blogspot.com (não atualizado)

Facebook: https://www.facebook.com/ColegioComercialDeMuzambinho

 

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Grêmio Estudantil vereador José Salomão


           O Grêmio Estudantil Vereador José Salomão será implantado na Escola. Fato inédito, pois a Escola nunca teve um Grêmio ativo.

Programa de Iniciação Científica - PIC

            O Projeto mais inovador da Escola, coordenado pela Professora Mestre Lia Polegato Castelan, será o ensino da Pesquisa Científica na Escola Básica, com uma estrutura similar ao de pesquisas de Iniciação Científica de Graduação ou Mestrado, com bancas examinadoras e desenvolvimento de monografias.

            Incluindo participação do FEBRACE e Prêmio Jovem Cientista.

            Serão vários professores voluntários, e, todos orientadores trabalharão fora de seu horário de trabalho. O projeto é amplo, ousado, inovador, e promete receber vários prêmios, se tudo der certo.

Eventos Escolares

            A Escola organizará durante o ano eventos como  “Semana da Contabilidade”, “Semana da Administração”, “Semana de Estudos Jurídicos”, “Feirão de Impostos”, entre outros eventos que já serão previstos em Calendário Escolar, modificável.

            Além de participação de eventos e olimpíadas, mediadas pela escola.